HEARTHSTONEHearthstone, Sera Que é Sorte Mesmo?

Cooruja 18 de outubro de 2015

rng-skill

Ah muleke! SuperUai na área e se derrubar é pênalti! Grande galera marota, este artigo aqui vai debater e analisar a “randomicidade” do nosso querido Hearthstone! Será que a máxima “RNG = No skill” é verdade?  Vamos lá, primeiro as primeiras coisas, depois o resto.

Pra quem está chegando agora ou pra quem nunca soube e sempre teve medo de perguntar, RNG significa Random Number Generator, em português fica Gerador de Número Randômico. Ele serve para gerar um número (semi)aleatório para a partir daí gerar o efeito da carta jogada. Exemplo: Caçador usa o seu querido Companheiro Animal, o Hearthstone usa o RNG para gerar um número de 1 a 3, onde cada um desses números corresponde a uma possibilidade da carta (1 = Misha, 2 = Huffer e 3 = Leokk). RNGesus é a brincadeira padrão para esse recurso, “reze para que RNGesus te traga boa sorte” é bem corriqueiro nos YouTube e Streamers da vida. Muitas vezes o termo RNG acaba sendo usado para dizer que algo foi aleatório, que é como será usado frequentemente nesse artigo.

dados-rng

No Hearthstone, temos bastante cartas que usam esse tal de RNG e isso faz com que o fator sorte acabe surgindo com mais frequência e, consequentemente, o “azarado” que se lasca e começa a chorar falando que o outro cara deu sorte. Assim, podemos concluir que é a sorte que vence os jogos em Hearthstone e por isso não precisa de habilidade pra jogar, fim, vamos pra casa.

OPA! Calma ae! Não, fera! Não podemos concluir isso aí assim tão cedo! Temos que analisar jogo a jogo pra determinar o que foi sorte e o que foi habilidade ali! Vamos começar do mais fácil, a compra de cartas.

Outro dia estava assistindo alguns vídeos do DayNine e ele estava em uma sequência de vitórias muito boa com um deck não muito popular (procurem o vídeo depois, é fantástico, como a maioria é, ele jogando com o deck Spider Balls) e um dos espectadores disse “você só está ganhando porque está comprando cartas boas” e ele prontamente respondeu: “Uma das minhas técnicas para poder comprar cartas boas, é jogar apenas com cartas boas no deck”. Tá aí! Sua resposta para a sua pergunta: “Como ele fez esse top deck tão preciso?”, simples, o oponente fez um deck onde a maioria das cartas ali o salva de situações de risco ou aumentam a chance de vitória, assim o “Top Deck” não passa a ser somente sorte, mas sim skill na hora de montar o deck.

Imagine a situação: Turno 9 e é a vez de Jaina.

jaina-rng

Jaina está contra Garrosh. Ela já sacou que está contra um Garrosh agressivo, o não tão famoso Weapon Warrior. Jaina está nas últimas, só com 5 de vida, Garrosh não tem mais cartas na mão e nada na mesa. Ela tem um Robô de Cura Vintage e um Bloco de Gelo em algum lugar do deck em 14 cartas. Jaina pensa: “Para eu perder agora, só se ele comprar uma Retalhador de Arcanita. Ele tem mais 18 cartas no deck, a chance disso acontecer é de 2/18, que dá 11%, então posso jogar Ysera.”. Qual carta que Garrosh compra? BUM! Retalhador de Arcanita. Foi sorte, né? Não! Foi falta de habilidade da Jaina!

Ela já estava com a mesa dominada, de certa forma estabilizada, mas ainda no alcance de letal do oponente. Ela aceitou o risco de que o oponente não conseguiria o letal no turno seguinte,
assumindo que o oponente só teria 2 cartas em 18 para matá-la. E se Garrosh tivesse um par de Levantar Escudo no deck? A chance de letal sobe mais, né? E quem disse que somente as duas Retalhador de Arcanita que dariam a vitória ao ex-chefe da Horda? Se Jaina tivesse pingado o Acólito da Dor procurando as suas “curas”, e, caso não encontrasse, congelasse Garrosh, com certeza teria menores chances de derrota e poderia virar a partida. 11% pode ser uma chance pequena, mas se você pode deixar menor, por que não fazê-lo?

Agora vamos à um outro cenário mais complexo, o próprio RNG das cartas. Eita lasquera!

Nova situação: Jogo de Arena! Malfurion vs Anduin. Pra lá do turno 10.

anduin-malfurion-rng

Malfurion já atacou com todos seus lacaios e resolve jogar o seu Anciente da Guerra em modo Provocar. Anduin responde prontamente com um Técnico de Controle Mental e rouba o Anciente da Guerra, ficando agora com um escudo do tamanho da Lua e voltando pro jogo. “Ai, que cenário mais de merda esse! Você tá inventando!”, você pensa, eu digo: Todo mundo que joga Arena frequentemente sabe que o oponente SEMPRE tem a merda de um Técnico de Controle Mental na mão e outra coisa o RNG dessa situação não se refere ao Anduin ter o TCM, mas sim a ele ter roubado o bicho certo, uma chance de 25%. “Venceu no RNG, Anduin cagado de merda”, pensa o Malfurion. ERRADO! Não foi o Anduin quem venceu, foi o Malfurion que perdeu. Vamos analisar aqui.

Ele tinha 3 bichos na mesa, um deles com 4 de ataque que é o terror dos Sacerdotes, e somando o ataque dos 3, ele tinha letal para o próximo turno, então eu pergunto: “Pra que que o Malfurion foi colocar uma carta muito forte em campo?”. “Ah, mas o Malfurion não tinha como saber que ia tomar uma dessa!”, você diz, realmente, ele não tinha como saber, mas ele não precisava correr o risco. Anduin estava completamente na defensiva e teria que se curar todo turno pra poder voltar pro jogo. A falta de habilidade e conhecimento do jogo fizeram com que Malfurion se arriscasse mais do que deveria, não contou que o RNG existe e que ele pode decidir partidas! Se você está com o jogo ganho, arriscar mais é algo desnecessário e errado. O jogo não te dá mais bônus por ter deixado o oponente com -30 de vida, uma vitória esmagadora dá a mesma recompensa que a vitória mixuruca.

Último cenário, para não deixarmos isso aqui muito mais longo do que já está!

Turno 6, vez do Gul’dan que começou com A Moeda.

guldan-rng

Rexxar está com suaves 30 de vida, na mão dele só tem uma carta e ele está com ela desde o início do jogo. Do outro lado temos o Gul’dan jogando de Handlock com 12 de vida. Na mão do Handlock tem uma porrada de carta, mas o principal aqui é que não tem cura. Gul’dan também não tem nada na mesa, fruto de um Chama Sombria do turno anterior pra limpar a mesa. O que Gul’dan deve fazer? Ele está claramente na defensiva, sua prioridade é ficar vivo. Rexxar tem 21 cartas no deck ainda, não jogou nenhum Companheiro Animal, nem Comando para Matar e nem Golem Arcano. Rexxar tem potenciais 6 de dano na mesa. Gul’Dan pode usar seu Poder Herócio, cair pra 10 de vida e fazer o combo Defensor de Argus + Gigante Derretido, ficando assim com um 9/9 provocar e perdendo só para dois Comando para Matar, ou Coruja Bico-de-ferro + Algum Investida com 4 de ataque. Ou ele pode fazer uma jogada mais “ruinzinha” e jogar somente Protetora Solfúria + Defensor de Argus, tendo só uma 3/4 com provocar e 12 de HP.

É aqui que entra a skill do RNG! Se Gul’dan fizer a jogada 1, ele corre o risco muito alto de perder para um top deck, que nem é tão difícil de acontecer. Rexxar tem uma carta na mão que ainda não usou o jogo todo e ainda vai comprar outra carta. A primeira coisa que podemos assumir é que a carta na mão de Rexxar, só pode ser a Coruja Bico-de-ferro, pelo menos essa é a premissa que faz mais sentido. Quem já jogou de, e contra o, Face Hunter sabe que a Coruja só é jogada pra dar letal. Okay, sabemos, quase certo, que a carta na mão do Rexxar é uma Coruja. Agora, para dar 10 de dano, Rexxar precisa comprar 1 carta de 6 possíveis (Comando para Matar, Golem Arcano ou Companheiro Animal em 21 cartas, qual a chance disso acontecer? * cálculos matemáticos intensos * (6/21 = 0.28). (A fim de facilitar as contas, coloquei que o CA irá sempre trazer o Huffer) 28%.

Essa é a chance de acontecer 10 de dano no turno seguinte. E para Rexxar dar 12 de dano? São os mesmos 28% para comprar as cartas E oMalabarista de Facas deve acertar o Gul’dan pelo menos 3 vezes em 3 alvos, com, no mínimo, 3 facas (1 da coruja e 2 dos bichos vindos da morte do Rastejante Assombrado, ou seja, aqui ele passou de um cenário de 28% para um cenário de quase 8%. Ele ainda tem chance de perder, mas fazendo a jogada “mais fraca”, ele diminuiu o risco em quase 300% (sim, diminuir de 28% para 8% é diminuir em quase 300%)! Quem sabe agora o Gul’dan não sobrevive e vira o jogo?

Alguém falou virar jogo?

jaraxxus-rng

Conclusão

Por mais que os cenários sugeridos pareçam absurdos, a ideia que eu quero passar aquié que o RNG é um elemento do jogo, ele faz parte do Hearthstone e a Blizzard já se posicionou falando que não irá tirá-lo de maneira alguma! O criador do jogo, Ben Brode, já se posicionou quanto à aleatoriedade do Hearthstone e o que impacta na habilidade de jogá-lo, segue o que ele falou traduzido:

“E aleatoriedade, eu acho, ganha a má reputação de ou você tem skill ou você tem o RNG e você não pode ter os dois, mas várias vezes, uma aleatoriedade sutil ao jogo, seja na compra de cartas, e a habilidade de responder a um evento aleatório ou tentar controlar a mesa para que os eventos randômicos trabalhem a seu favor – isso é de fato um grande teste de habilidade. Então a aleatoriedade pode, em muitos casos, aumentar a quantidade de habilidade requerida para jogar o jogo.”- Ben Brode para PCGAMER em 16/09/2015 (grifo nosso)

trevo-rng

Você também pode falar: “Nossa, além dos cenários absurdos, as chances do pior caso acontecer neles também é muito pequena, por que eu me importaria em diminuir algo que já é quase impossível?”. Imagina assim: Você está no Rank 1, faltando somente essa vitória para virar lendário, você tem uma chance de derrota de 30%, mas se fizer uma jogada “pior” a chance de derrota cai para 20%, sem alterar as suas chances de vitória no jogo, você faria a “pior” jogada ou arriscaria nos 30%? Se você respondeu a segunda, então realmente esse artigo não é pra você e só posso te desejar boa sorte na ranked e nos campeonatos da vida. A sua maior skill aqui é aceitar o RNG e saber jogar contra ele ou colocá-lo a seu favor o máximo possível. Não deixe tudo nas mãos de RNGesus, faça você a sua própria sorte.

Espero que esse artigo te ajude a aceitar melhor os resultados do jogo e te mostrar que você tem bastante controle do que pode acontecer no jogo.

superuai

Nerd assumido, curte jogos de carta.

Começou recentemente no YouTube.

“Melhor canal do mundo”- Mãe dele

 

 

  • Alison Freitas

    Bom tipico, mas discordo de algumas coisas, as vezes fazer uma jogada um pouco mais arriscada, pode te fazer ganhar o jogo.

  • codenome13 .

    A grande questão é saber apostar, a pessoa tem que saber tirar valor do rng no geral, no mais bom post.

    • SuperUai

      Opa, que bom que curtiu! Valeu!

  • George Rodrigues Gonçalves

    Bem e o rng na hora de começar uma partida , e eu de freeze mage encontro 4 WC seguidos,em ? em ?
    Brincadeira, ótimo artigo, ajuda a entender melhor o jogo.

  • Renan M. Lindner

    Se os streamers “formadores de opinião” pararem de reclamar do RNG a todo momento talvez mude a cabeça da massa. Maaaasss… vivem atribuindo derrota ao RNG, e os menos entendidos só vão na onda e por ai vai disseminando a ideia que HS é um jogo SÓ de sorte.

    • SuperUai

      Isso acontece mesmo, mas entendo o lado dos caras, ali é um show, os caras tem que interpretar o papel de mal perdedor também, só que o efeito colateral é esse aí que você apontou. Valeu!

  • Recron

    Never lucky, boys
    -LISPECTOR, Kriparrian

  • Recron

    Never lucky, boys
    -LISPECTOR, Kripparrian

  • Herbert Schaeffer

    existem várias situações onde o RNG = skill sim. quando vc faz suas jogadas de, por exemplo, malabarista + soltem os cães arriscando um letal no oponente que ja esta com vida baixa, já sabendo as probabilidades de acerto das facas, e conseguir o queria, isso não é skill? pra mim é. excelente o texto!

    • SuperUai

      Valeu, fera!

  • Luccas Salgado

    otimo, artigo, me fez repensar a maneira de jogar parabens

    • SuperUai

      Valeu!

  • horlando florida

    Realmente o rng na maioria das vezes pode ser usador de forma interessante mas não vamos negar que tem horas que é muito ruim perde partidas por causa do RNG hoje tava jogando arena dai no segundo turno o cara usou um portal instável moeda moreia e desceu o Edwin VanCleef 8/8 no segundo turno eu acho isso muito injusto oque fazer nesse caso? eu não tinha respostas acredito que deveria ter menos Rng em hs

    • SuperUai

      Nesses casos, realmente não temos o que fazer, mas a chance disso acontecer é mínima, pode ser comparado a chance de um cara sair com uma quadra no poker tradicional. Ele deu muita sorte, acontece. Aconteceu algo semelhante com o nosso querido Coreia no campeonato das américas, o Purple simplesmente comprou TODAS as cartas na ordem certinha e não deu chance pro Coreia fazer nada naquela última partida de Guerreiro Montinho vs Handlock.

      • horlando florida

        Entendo mais acredito que deveriam colocar menos cartas com RNG nas próximas expansões.

  • alexandro maciel

    Cara li e sei lá em…Bom sei que alguma coisa errada não está certa, pois bem joguem com o odiado “Facehunter” ontem ganhei 8 seguidas eu disse “oito” até ai tudo bem certo essas oito vitorias me fez descer a ladder do rank 15 pro 11 respectivamente, ai que me vem o infortúnio…Peguei 7 vezes (players diferentes) “Fatigue Warrior” perdi todas, isso é uma infeliz coinscidência ou devo acreditar no RNG mesmo??

    • SuperUai

      Isso daí não tem nada a ver com o RNG no meio do jogo, isso daí é a Blizzard zuando contigo, ela adora fazer isso comigo também! Vai ver que ontem, como eu não estava jogando, ela resolveu te zuar! Acontece… boa sorte ae!

      • Alan Bourscheidt

        Claro, eles pagam um funcionário para ficar escolhendo suas matchs. /ironic mode off

        Quando vcs pegam 5 vezes seguidas uma boa matchup fingem que nem aconteceu.

        • SuperUai

          Pegar 5 vezes boa matchup deveria ser comportamento padrão, não? Hehehe.

  • Tales Vinicius

    Porque n jogar o gigante derretido por 2 e depois um defensor de argus sem usar o poder heroico na situaçao 3. Melhor do que a opçao 1 e dois na minha opniao

    • SuperUai

      Porque a besta que escreveu o artigo, aparentemente não sabe matemática básica.

      Depois de ler sua pergunta, me perguntei a mesma coisa e fui atrás dos meus rascunhos de situação pra ver de onde veio essa urgência em usar o Poder Heróico ao invés de fazer a jogada que você apontou muito bem. Acontece que no plano original o Handlock teria dois Gigantes Derretidos na mão e o plano era dar Taunt para os dois, mas daí vi que não rolava do Caçador vencer com 30% se isso ocorresse, tirei um GD e mantive a “ilusão” de ter que usar o PH para poder baixá-lo.

      Porém mesmo fazendo essa jogada sugerida por você, muito boa vale relembrar, as chances de derrota continuam a mesma, apesar da chance de vitória subir infinitamente, como o foco desse artigo é manipular o RNG para não perder, então ele ainda está “a salvo”. Ufa!

  • André Victor

    Bom texto, mas esqueceu de falar das cartas isoladas com alto valor de rng como Portal Instável e Retalhador Guiado que dão muita dor de cabeça as vezes e opções difíceis de counter play

    • SuperUai

      Valeu o elogio! Isso não foi esquecido! Foi deixado de fora para evitar que esse artigo virasse uma dissertação, hehehe. Mas planejo sim escrever sobre o RNG das cartas singulares, sem ter jogo envolvido. Valeu!

  • Celso Denize Figueiredo

    Sim, não é só sorte. Mas na minha climb pra lendário, peguei rank 3 hj. Fui pro 2 e voltei pro 3 em paritdas ridiculas. Em duas partidas SEGUIDAS de mago, SEGUIDAS. Nos portais, vieram, respectivamente: no primeiro game, DOIS Rhonin, no segundo game, Aviana (primeiro drop) e no segundo veio um Old Shredder… Custo 1. Não é só sorte, mas ela te ajuda bastante a subir sem esforço nenhum 😉 E o que dizer dos face hunters que mal conhecemos e já consideramos pakas.

    • http://www.youtube.com/SuperUai SuperUai

      Duas partidas seguidas contra mago em rank mais baixo é normal, já que os dos decks mais utilizados para pegar lenda contam com o querido Mech Mage e o Tempo Mage. Já sobre os portais, realmente não há muito o que se fazer, mas tem que ver o seguinte: foi uma aposta. Não é subir sem esforço pra cada 1 Aviana que o seu oponente tirou, ele deve ter tirado umas 30 cartas bem fraquinhas no portal. Quanto aos Face Hunters, não entendi o que tem a ver com o RNG, eles mal tem cartas de RNG, só Malabartista das Facas.

  • Victor Silva

    Não, diminuir de 28% pra 8% NÃO é diminuir aproximadamente 300%. É diminuir em aproximadamente 66%. Matemática manda abraços.