HEARTHSTONEArtifact – De olho no meta #1

Daniel Moura 2 de dezembro de 2018

E ai pessoal, RyzingxFire aqui. Galera, no ultimo artigo eu disse que faria uma parte 3 sobre drafts e aqui estou. Para quem conhece o site, o De olho no meta é um artigo familiar e é a nossa base. Para quem não conhece, o que carregou esse site por muito tempo é qualidade de conteúdo e o tão famoso “De olho no meta”. Eu fui escritor do Donm de Hearthstone por muito tempo, agora é a vez de Artifact.

Vamos ao que interessa!

Já começaram seus drafts? Quem acompanha as streams já sabe quais as melhores cartas, mas se você ainda estiver com duvidas, vamos lhe ajudar.

A primeira coisa mais importante é reconhecer os heróis de Flop, Turn e River. Nos primeiros artigos eu devo ter falado algo sobre o poder dos heróis- pode encontrar eles aqui e aqui.

Olha a seguinte imagem: (Não sou o autor dela. xD)

Um herói de Flop basicamente é o que tem mais vida/dano e tem alguma habilidade de efeito imediato, algo que pode te dar um ótimo inicio de jogo.

Herói de turno serve mais como ponto estratégico, quando uma das rotas fica mais forte ou precisa de reforço, é neste momento que o herói de turno vai ser fundamental.
Herói de river é basicamente o que tem uma carta boa e você só joga mesmo pra poder ter o efeito desta carta, em suma, você não quer muito ter esse herói como seu “principal”, mas é necessário ter ele para também obter sua carta poderosa. Eu particularmente fui carregado pela carta de poder do Skyrath Mage, mesmo ele sendo uma porcaria.
Saiba que após fazer o seu draft, independente do modo de jogo, você poderá editar seu baralho. Desta forma, você consegue posicionar seus heróis da melhor forma.

Por exemplo, Digamos que eu estou usando um mono black de Debbi, Bh, Pa, Sorla e Sniper. Que seriam meus iniciais? Bh, Debbi e Pa. Por que não a Sorla? Bem, como foi explicado anteriormente, essas 3 lanes tem um potencial gigante pra matar herói ou creep, sendo assim, no próximo turno uma das lanes vai estar disponível para forçar, é nessa que vou querer colocar a sorla. Mas, e o sniper? O sniper é um ótimo removedor graças ao assassinar. Essa carta dele faz total diferença. Em termos de hearthstone, esse deck seria um aggro e o sniper seria um silence ou [Cavaleiro Negro] para remover um provocar.
Já que cobrimos esse inicio, vamos ao meta desses primeiros dias.

Toda informação será tirada dos melhores sites de dados e repassadas pra vocês com o padrão MKTV de qualidade.

U/G COMBO STORM.

Esse deck é um deck extremamente punitivo e dominante. Ele não segue as regras de Artifact, considerando que é capaz de rampar, soltar feitiços de graça, comprar muitas cartas e impedir o oponente de reagir quando o combo inicia. O plano geral é simples: Comece uma rota com iniciativa, um herói verde e um azul e as cartas necessárias para o combo.

Quando alcançar as condições, o deck levará a torre final, aquela de 80 de vida, com apenas dois turnos. O combo é Gust > Stars Align > Agahanim’s Sanctum > Ativar o Sanctum > Incarnation of Selemene > todas os feitiços de comprar cartas > Thunder God’s Wrath > Prey on the Weak > Emissary of the Quorum. Tem várias formas que esse deck pode disparar, essa sendo a principal. Quando estiver jogando o deck, o seu foco total deverá estar direcionado em como iniciar o combo e como evitar perder antes disso. A inclusão de duas cópias de Annihilation deve ajudar a atrasar o jogo, assim como a habilidade de conseguir um Vesture of the Tyrant. É vital olhar o posicionamento do Ogre Magi, já que os 25% de chance de copiar um feitiço podem ser gigantes durante todo esse combo.

Dicas:

  • Apesar da vida dos seus heróis não ser uma grande preocupação, tome cuidado com a quantidade de ouro que está dando ao seu oponente, baralhos que rodam a ampulheta pode atrapalhar todo o seu combo.
  • Se possível, jogue todos seus Foresights na rota do Ogre Magi. Ao menos uma cópia já pode fazer uma diferença gigante e facilitar o fechamento do combo.
  • Finalizar o jogo com Arcane Assault pode ser vital para fechar seguramente um jogo, mas as vezes verá que vai precisar comprar uma cartar pra finalizar as peças do combo.
  • Unearthed Secrets pode ser usado nessa lista se o meta não tiver muitas remoções de Improvement.

Quando for fazer o combo, tome bastante cuidado no caso do seu oponente estar usando Anihilation. Você vai precisar de Arcane assault para garantir iniciativa pra usar gust, matar os heróis inimigos ou levar duas torres.

Código do baralho (não, não funciona no Hearthstone).  (ADCJRgJL7kCQQsNibhduN0BSmUCRpkBRKADSESPaAERlFUvRyBDb21ibw__ )

 

SvYat Hero Killer

Esse nome de arquétipo serve para uma grande variedade de decks Vermelho/Preto. A ideia principal é gerar gold, matando os heróis do seu inimigo e amplificando a quantidade com Payday. A condição de vitória principal do deck é um começo de jogo seguro porém agressivo e um mid-game poderoso para controlar a mesa com os Heróis vermelhos e lacaios, seguido de Time of Triumph e Vestures depois do turno 8.

A lista apresentada é do vencedor do TTS prebeta e o deck foi feito especificamente para vencer o Combo Storm. Hourglass é uma tech incrível contra Combo storm, sem que atrapalhe as outras match ups. Suas várias cartas com iniciativa são chaves para vencer contra combo, e colocar a Legion como River facilita a utilização de Duel e Smash em todas 3 rotas. Essa lista atual é a melhor para vencer o Combo Storm, mas a match up ainda é bem enganosa, um jogador experiente de Storm vai destruir alguém que não tem experiência com este “Matador de Heróis”. Além as partida contra Combo, esse deck vai muito bem contra Ramp, contanto que o ramp não consiga dois custo 8 antes de alcançar 8 manas. Esse deck também destrói qualquer um que usa apenas TOT como condição de vitória, já que Vesture of the Tyrant + ToT ganha de TOT solo.

Dicas:

  • O arquétipo “Matador de Heróis” é flexível e tem pequenas mudanças que podem ser feitas para transformar algumas match ups. Sniper é melhor contra Combo Storm. Removendo algumas cartas gananciosas e acrescentando o Lich pode transformar em um destruidor de aggro. Acrescentando a Sorla e algumas cartas como Oglodi Vandal e Disciple of Nevermore pode transformar o deck em um aggro.
  • Decidir quando gastar gold ou segurar pra usar com paydays é uma grande jogada que pode ajudar virar o jogo para seu lado. Alguns momentos é bom gastar logo o gold pra ganhar vantagem com certas cartas.
  • Heróis nesta versão podem ser reposicionado de diversas formas. A legion no 4 providencia fortificação nas rotas, Bh no 4 providencia uma facilidade para limpar restos dos heróis que sobraram com Hip Fire, pick off ou só ir direito pra primeira rota e utilizar Gank.

Lista do Deck (ADCJeoAJLkCgwcRVri7ApuqApRQE41hAZCGWlAoAY8_ )

Phantom Tempo

Esse deck é brutal e sem misericórdia. Desativando tudo que o oponente quer fazer e ao mesmo tempo destruindo torres. O típico deck de matar herói troca tempo por gold e itens poderosos. Essa lista prefere criar Tempo. Nesta lista existem diversas cartas destrutivas e creeps poderosos.

Nosso objetivo é passar os dois primeiros turnos posicionando nossos creeps vermelhos e nos colocando em condição de usar os feitiços de remoção para causar dano na torre. Se o oponente conseguir sobreviver as ondas de creeps e remoções, eles terão que lidar com Primal Roar e TOT. Jogar 4 heróis vermelhos aumenta grandiosamente as chances de um Primal Roar, e o TOT é um ótimo finalizador. Essa lista de Tempo agressiva está escalando os ranques, e não vai ser surpresa se acabar ganhando algum campeonato.

Dicas:

  • Quando possível, Jogue a Phantom Assassin na primeira rota pra garantir ganks e também para ajudar vencer a primeira rota.
  • Quase nunca é uma boa ideia fazer duelo no primeiro turno. Guarde isso para desativar seu oponente, lembrando sempre dos turnos de mana que seu oponente vai tirar vantagem.
  • Fight Through the Pain é uma carta bem flexível, pode ser bem vantajoso usar a armadura e iniciativa com Duel ou Berserker’s Call se isso foi manter seu herói vivo.
  • Enough Magic é bem útil tanto ofensiva quanto defensivamente, ao mesmo tempo sendo perfeito também para interromper um combo. Se, por exemplo, seu oponente jogar Stars Align em 6 manas com um herói vermelho na rota, Enough Magic vai atrapalhar o combo com TOT.

Lista do Deck (ADCJasNJLkCiQFRFnhdr90BR4qbqgJBRXMDgqYBhLcBUGhhbnRvbSBUZW1wbw__ )

Blue/Green Mid Range

Um deck com um estilo de combo alternativo que se destaca por questão de consistência. As mudanças feitas nessa lista melhora bastante as match ups e torna-a mais agressiva, já que consegue rodar tanto Prey on the Weak quanto Dimensional Portal, permitindo que seja usado frequentemente. A adição de Mist Of Avernus concede a habilidade de adiantar ainda mais o dano total, sem precisar da Emissary of the Quorum, aumentando a pressão no jogo e criando mais potencial para levar duas torres. Luna é uma carta com vida/dano melhor que o Zeus e também nos concede Eclipse, que pode servir como um Annihilation de um lado só. Em questão de confrontos, essa lista é melhor contra o Hero Kill e Ramp, mas é fraca contra o Storm. Entretanto, essa lista é mais consistente que o combo, mesmo com menos potencial.

Dicas:

  • Existem duas formas de jogar o deck: Entregar tudo em uma rota só e jogar todas suas melhorias em uma única torre desde o turno 1 ou criar pressão e defender todas as rotas. Essa segunda estratégia é menos previsível e mais versátil ao custo de ter menos poder.
  • Quando estiver armando o letal em uma rota que você tem o Cheat Death e um herói verde, você pode usar Anihilation para limpar bloqueadores ou até remover as cartas buffadas com TOT.
  • Por ser muito versátil, esse deck tem muitas opções. Mantenha uma visão ampla durante a gameplay e procure formas alternativas para jogar.

Lista do Deck (ADCJYgKNrgCGUGLDbhduN0BaAKBhkZZQUSgA4hTlVNVRyBDb250cm9s )

Então, por hoje é isso.

Abaixo vou colocar algumas cartas para vocês sempre ficarem de olho durante os drafts. Sim, todos esses são os heróis “Tier 1”

Heróis Pretos: Lich, Phantom Assassin, Tinker. 
Heróis Vermelhos: Axe, Legion Commander.
Heróis Verdes: Drow Ranger, Omniknight
Heróis Azuis: Kanna, Luna, Ogre Magi. 

Menções honrosas: Bristleback, Sorla Khan, Bounty Hunter e Treant Protector.

Cartas diversas: Time of Triumph, Pick off, The oath, Iron fog godmine, Gank, Spring the trap, Bronze Legionnaire, Stonehall elite, Mist of Avernus, Cheating Death, Annhilation, Dimensional Portal, Unearthed Secrets, Emissary of the Quorum, 

Fontes: Axe is Axe.

Até domingo que vem!


Gostou do artigo? Faça uma pequena doação! Saiba que esse artigo é um conteúdo voluntário e qualquer quantia por menor que seja já nos ajuda!


Em caso de doação o nome e a foto do doador será postado na aba Doações

Danidanielel Moura
Estudante de Engenharia Civil. Jogador de Artifact! Estudante de Guerreiro Controle (guerreiro pirata sempre estará em meu coração), Apaixonado pela Anna Lívia e pela Aliança (tem um amor proibido e secreto pela horda e o Garrosh). Sua carta favorita é o Grommash e a cor favorita é o vermelho. Você pode entrar em contato com ele no Twitter.