HEARTHSTONECavaleiros do Trono de Gelo, A nova expansão do Hearthstone!

Luiz Miguel 6 de julho de 2017

Informações

• Um novo tipo de carta será adicionado chamado “Herói” e esse tipo de carta substitui o seu herói. Algo semelhante com o Jaraxxus.
• Uma nova palavra chave foi adicionada chamada “Roubar Vida“, o dano que você dá você recupera vida.
• Quando você completar a Aventura, você ganhará um card lendário.
• Novas cartas serão reveladas no dia 24 de Julho.

Novas Cartas


Novo Board


Chefes da Aventura

Fonte: HearthstoneTopDecks


Vídeo de Anuncio


Pré Venda

Compre Aqui


Originalmente postado por Blizzard


O Flagelo. Cavaleiros da Morte. O Lich Rei! Esses estão entre os elementos mais assustadores e trágicos da história de Azeroth. Os terríveis seres que habitam a Cidadela da Coroa de Gelo são sombrios, agourentos e muito poderosos, mas também são muito legais! A Equipe de Hearthstone queria explorar a história do Lich Rei e seus lacaios horrendos, mas como abordar temas tão mórbidos preservando, ao mesmo tempo, o espírito divertido e amistoso de Hearthstone?

A resposta era óbvia: matar TODO MUNDO!

Bom, nem todo mundo. Só os nove heróis de Hearthstone… Na nova expansão de Hearthstone, Cavaleiros do Trono de Gelo, fazemos uma pergunta: e se os heróis se afastassem da luz? Quando o Lich Rei os traz de volta dos mortos na forma de Cavaleiros da Morte, o que eles fariam com o imenso e terrível poder que lhes foi concedido?

Mas quem é esse Lich Rei de que falamos?

O Senhor do Flagelo

A história do Lich Rei é trágica. É a história de um jovem herói disposto a correr qualquer risco e usar os métodos mais extremos para salvar seu povo. No fim, ele plantou as sementes de sua própria ruína tomando para si a lâmina rúnica Gélido Lamento e tomou o caminho sem volta de se tornar um dos mais poderosos e horrendos seres que já existiram: o Lich Rei.

Sendo o mais poderoso Cavaleiro da Morte do mundo e tendo em mãos Gélido Lamento, a devoradora de almas, o Lich Rei é quase uma força da natureza. Como se não bastasse, do alto do seu Trono de Gelo, no topo da Cidadela da Coroa de Gelo, ele também controla um enorme exército de mortos-vivos conhecido como o Flagelo.

Em suma, o Lich Rei e seus lacaios podem ser a maior ameaça à vida de Azeroth. Entre esses lacaios, destacam-se os Cavaleiros da Morte!

Announcement_HS_Social_EK_960x480.png

Um amor de morte

Os Cavaleiros da Morte antes eram os mais poderosos heróis de Azeroth, mas agora o Lich Rei os trouxe de volta à vida na forma de perigosos serviçais. Em Cavaleiros do Trono de Gelo, os nove heróis de Hearthstone abraçaram o poder sombrio do Lich Rei e servirão como Cavaleiros da Morte, um Card de Herói Lendário. Apesar da transformação, eles não ficaram totalmente sob o domínio do Lich Rei, então cabe a você decidir como usar as fabulosas habilidades que eles têm à disposição.

Cards de Herói são um tipo novo de card. Não são feitiços, lacaios nem armas. Quando jogado, o card de herói de Cavaleiro da Morte substitui o seu herói, lança um Grito de Guerra, ganha armadura e concede um novo Poder Heroico. Os Cavaleiros da Morte são diferentes, mas todos oferecem possiblidades que podem mudar a forma como você joga Hearthstone./p>

HUNTER__ICC_828_enUS_DeathstalkerRexxar.png

Rexxar, o Sicário
Depois que sua caçada acabou prematuramente, Rexxar foi ressuscitado como Rexxar, o Sicário. Quando jogado, ele dispara uma saraivada de flechas, causando 2 de dano a todos os lacaios inimigos, substitui seu herói, concedendo 5 de armadura, e seu Poder Heroico vira Monte uma Fera.

Monte uma Fera permite que Rexxar, o Sicário, construa um novo e horrendo Zumbicho “descobrindo” partes de duas feras. A nova criação combina os atributos de ambas as criaturas que ele juntou: custo de mana, ataque, vida e ATÉ o texto do card. A abominação feral é colocada na mão de Rexxar, o Sicário, para ser lançada contra um oponente desafortunado quando ele desejar.

Verdadeiramente terrível! É claro que há muitas outras ameaças nas entranhas do Flagelo.

A fome

Cavaleiros da Morte são combatentes cruéis, mas são apenas uma pequena fração do monstruoso exército do Lich Rei. As legiões do Flagelo são uma miscelânea de mortos-vivos violentos, indo de reles carniçais e zumbis até abominações gigantes e grotescas, construídas com a carne de incontáveis vítimas. As tropas fervilhantes de mortos-vivos são tão pavorosas quanto são mortais — então prepare-se para encontrar habilidades potentes entre essas fileiras!

NEUTRAL__ICC_702_enUS_ShallowGravedigger.pngNEUTRAL__ICC_851_enUS_PrinceKeleseth.png

Alguns feitiços e lacaios do Lich Rei têm o sinistro poder de extrair a essência vital da vítima: Roubar Vida. Esse poder expande uma habilidade já encontrada em alguns cards e transforma-se em uma palavra-chave exclusiva. Quando um card com Roubar Vida causa dano, seu herói recebe uma quantidade equivalente de cura. Uma habilidade muito útil de se ter quando você estiver com os dois pés na cova.

PRIEST__ICC_802_enUS_SpiritLash.pngPALADIN__ICC_820_enUS_ChillbladeChampion.png

Cidadela da Coroa de Gelo

Os primeiros passos que você dará em Cavaleiros do Trono de Gelo serão dentro da Cidadela da Coroa de Gelo. Você vai encarar oito Missões — o novo conteúdo solo de Hearthstone. Sua provação começa com o Prólogo, passando depois pelas encarniçadas batalhas contra os mais poderosos habitantes da Cidadela da Coroa de Gelo, para enfim culminar num confronto com o próprio Lich Rei!

ICCboard_HS_EK_1200x671.jpg

Esteja avisado! Talvez estas batalhas lhe pareçam diferentes das outras que você já lutou. Esses oponentes são espertos e perigosos. Só os mais determinados prevalecerão. O Lich Rei é um adversário malicioso e muito difícil, que trará um desafio diferente para cada uma das nove classes.

Embora você vá arriscar a alma entrando na Cidadela da Coroa de Gelo, as Missões não custarão nada! As recompensas para encará-las são convidativas: quando terminar todas as missões, você terá recebido três pacotes de cards de Cavaleiros do Trono de Gelo. Só de completar a missão introdutória, o Prólogo, você já receberá um card de herói lendário (aleatório) para sua coleção!

Prologue_enUS_HS_In-Game_EK_600x232.jpg

Pré-venda de Cavaleiros do Trono de Gelo

O Lich Rei premia a devoção. Acesse a Loja Blizzard e compre antecipadamente 50 pacotes de cards de Cavaleiros do Trono de Gelo e receba o verso de card de Gélido Lamento.

Pre-Purchase_HS_In-Game_EK_1314x893.jpg

COMPRE ANTECIPADAMENTE!

*Obs: Os preços podem variar de acordo com a plataforma utilizada.

Você receberá o verso de card de Gélido Lamento e seus pacotes de cards assim que sua compra for processada e poderá abrir os pacotes assim que a expansão for lançada na sua região, no início de agosto.

Entregue-se à escuridão

As paredes escuras da Cidadela da Coroa de Gelo se aproximam, mas você pode se preparar acessando www.thefrozenthrone.com. Já é possível perceber indícios de que a influência do Lich Rei penetrou o reino dos mortais. Veja no FacebookTwitter e YouTube.

Estamos ansiosos para ver o que você será capaz de fazer com os tremendos poderes de Cavaleiro da Morte quando se juntar aos Cavaleiros do Trono de Gelo!


Luiz Miguelluiz-miguel
Carioca, 22 anos, estudante de Design Gráfico (Portfólio). Odeia Guerreiro mas é fã de Caçador e defensor da ideia que a classe nunca vai ter um baralho controle, always face. Você pode trocar ideia comigo pelo twitter ou facebook.

  • Igo Ximenes

    bem jogado

  • Luciano Oliveira

    Dando gosto de ver o site novamente. Matéria em tempo recorde!

    Quanto a exp, no coments =p

  • jonathan

    Cara, estou animado, acho que as mecânicas novas vao mudar e melhorar o jogo mais ainda, e tera essa aventura grátis 😀

  • Heisenbeck

    Copy/Paste do Vinculo com a Vida visto em outro canto do planeta dos cards…

    • Alexandre Labre

      Mesmo essa habilidade sendo cópia do Lifelink do Magic, o Hearthstone precisava de uma dessas para aumentar as possibilidades estratégicas do jogo, assim como, na minha opnião, precisa de efeitos para descartar cartas do oponente e reutilização de cartas da pilha cartas jogadas/destruidas (cemitério do magic)

      • Heisenbeck

        O diferencial do HS era o bom-humor e a baixa complexidade para aprender as regras e sair jogando em certo nível competitivo. Se é para trazer regras e mais regras do Magic (vi comentarem aqui do Gwent também, o qual não posso opinar pois joguei poucas vezes), o movimento natural para muita gente vai ser migrar para o Magic ou ficar apenas no Magic (o meu caso).

        • http://www.youtube.com/SuperUai SuperUai

          Gente, Magic foi o primeiro jogo de cartas do mundo e existe há mais de 20 anos, quase 30. Lógico que praticamente qualquer porcaria que fizerem vai ser cópia de Magic! Eles já fizeram tudo! Assistam o episódio “Simpsons already did it” (Os Simpsons já fizeram) do South Park, é a mesma coisa para nós dos jogos de carta: O Magic já fez isso.

          • Heisenbeck

            1. Não é o primeiro jogo de cartas do mundo. Nem mesmo se limitarmos ao universo de Fantasia.
            2. Mesmo se considerarmos Magic como pioneiro, por um acaso isso limita o fator de inovação? Há que se limitar ao que já foi feito?

          • http://www.youtube.com/SuperUai SuperUai

            Okay, desculpa, deixa eu me corrigir.

            1. Magic foi o primeiro TCG do mundo. Não foi o primeiro jogo de cartas, obviamente, faltou dizer “foi o primeiro jogo de cartas do gênero”.

            2. Sim, limita um monte. Uma vez que você já fez quase tudo, é bem difícil alguém fazer algo novo. Principalmente em se tratando de uma mecânica que o Hearthstone precisa para tentar dar uma amenizada no eterno meta aggro e para fazer o Bruxo voltar a ser viável.

          • Heisenbeck

            1. Também não, talvez no formato contemporâneo seja o primeiro, mas havia CCG anteriores (p.ex. cards colecionáveis e jogáveis sobre baseball). Embora isso não venha tanto ao caso pois o principal ponto é o seguinte.

            2. “Uma vez que você fez quase tudo”. Quem fez quase tudo? Você já parou para pensar se toda indústria de games agissem e pensassem dessa forma? Quantos jogos existem na base do Steam, por exemplo? MIlhares (talvez até dezenas ou centenas de milhares de games). Podemos imaginar que já existam jogos de todos os tipos, não é mesmo? Então por isso vamos estimular os desenvolvedores a não mais criarem jogos pois “tudo já foi feito”.

            Meu propósito não é questionar a qualidade do Hearthstone, game o qual tenho jogado e apoiado desde o seu surgimento, mas sim alertar que apenas copiar ideias já existentes (ou adapta-las de forma simples sem muita vergonha) vai afastar jogadores. Conheço vários jogadores de Magic (inclusive 2 amigos que foram jogadores profissionais) que entraram pro HS por sua simplicidade e senso de recompensa (esforço vs. diversão).

            Abraços.

          • http://www.youtube.com/SuperUai SuperUai

            1. Sim, é o primeiro TCG. Os outros de baseball não eram considerados TCG. https://en.wikipedia.org/wiki/Collectible_card_game

            2. Não disse que é impossível inovar, é possível sim e essa expansão fez isso. Só que você resolveu focar na mecânica copiada do Magic ao invés de ver a mecânica nova da carta Herói, que nunca havia sido feita em nenhum outro jogo, pelo menos eu não lembro de nenhum outro.

            Por mais que games novos estejam inovando, coisa ou outra é copiada. Seu comentário falando do Lifesteal foi tipo assim: Saiu Castle of Wolfenstein, ao invés de focar no primeiro uso de 3D, você teria focado no “mais um jogo com armas tipo o Duke Nukem”. Ou como quando lançaram o Zelda: Ocarina of Time, você dizer “mais um jogo que tem o bumerangue”, ao invés de “nossa, olha todo esse mundo abertão aqui.”.

            Magic já fez quase tudo, vai ser praticamente impossível fazer alguma expansão que não pegue algo emprestado, mas falar que eles só estão copiando é ser Magic é sacanagem.

          • Heisenbeck

            1. Wikipedia? Fala sério… E utilizei os cards de baseball a título de exemplo, até porque foram o de maior sucesso nos EUA por décadas, mas você encontra mecânica similar com outras temáticas. Magic foi pioneiro no conceito “moderno” de TCG (vamos chamar assim).

            1a. Em geral observo que há muitos adolescentes aqui ou jovens adultos (o que é natural num universo gamer) e talvez não tenham uma visão completa dos TCG. Minha família tinha uma loja no começo dos anos 90 e, por curiosidade, foi a 1a loja a vender Magic em todo estado de SC à época (saudoso tempo dos cards do Campeonato Italiano, rechado de craques) e por isso falo com propriedade que o Magic não foi o primeiro, pois já vendíamos outros jogos no mesmo estilo (que não faziam sucesso, obviamente), mas foi sim um divisor de águas.

            2. Não estou “focando” no Lifelink. Ele é apenas mais um exemplo. E foi um exemplo tratado como “Oohhh”, como se fosse um grande diferencial. E, de novo, “Magic fez quase tudo”. Esse pensamento limitador não pode existir.

          • http://www.youtube.com/SuperUai SuperUai

            1. Sim, Wikipedia, qual o problema? Se você conhecer algum outro agregador de conhecimento com múltiplos revisores e com links de referência, me avise, por favor. Concordo que alguns verbetes lá são bem ruins, enviesados e sem referência, mas não foi o caso desse. Eu entendi o que você quis dizer sobre outrs CCGs antes do Magic, mas o lance é que eles não eram considerados CCGs. Não eram vendidos nem como CCGs, quem começou isso foi o Magic. Eram cards colecionáveis e que as pessoas usavam para jogos. Tudo está na definição do que é um CCG.

            1a. Da ora! Também lembro desses cards do Futebol Italiano! Eram os melhores pra bater bafo.

            2. O pensamento “Magic já fez quase tudo” não é limitador e eu não usei como limitador. O que eu disse foi que eventualmente teremos mecânicas iguais às de Magic porque ele já fez quase tudo. Eu vejo o “Magic já fez quase tudo” como uma frase inspiradora, se você inventar algo bom que o Magic não fez, significa que você inovou de um jeito fantástico, pois se o cara que tá aí há 20 e tantos anos não fez, puts, é o sonho! Aposto que o Time 5 pensa assim, principalmente em um ambiente virtual, onde o Magic jamais poderá ir.

  • Magnosama

    Achei uma expansão muito interessante,

    acredito que vai ser ótima. Vamo que vamo…

  • Osvaldo Neto

    mano que locura e essa

  • Fred Dias

    Eu entendi correto?! Vai ser um expansão com aventura?

    • http://www.youtube.com/SuperUai SuperUai

      É o que a gente tava falando desde Janeiro! As aventuras pagas acabaram, agora toda expansão terá uma aventura GRATUITA e com RECOMPENSAS.

      • Fred Dias

        kkkkkkkkkkk…..que bom, eu não sabia disso…. e eu aqui juntando gold pra próxima aventura, kkkkkkkkkkkkkk

        • Gell, o Super Safajin 5

          mas o gold não se perde, vc pode usar pra comprar pacotinho 😀

        • Eduardo Dss

          Você vai precisar de todo o gold possível para lidar com essa aventura gratuita. Que deve ser difícil pra &¨%$# e irá exigir um deck próprio que com certeza não estará no meta.

    • Marcos Rocha

      Gold em dobro, lendária não repetida, aventura junto com a expansão, tudo isso tem um nome:

      Gwent.

      A Blizz mudou radicalmente o que estava fazendo com o HS graças à política de respeito que a concorrência está trazendo.

      • http://www.youtube.com/SuperUai SuperUai

        GWENT não é ameça para Hearthstone, não superetime.

        GWENT é um jogo absurdo! Diferente de tudo que eu já vi e é fantástico! O sistema é muito bom. MAS: não é simples e a audiência é um público bem menos casual do que o do Hearthstone. Lógico que GWENT vai retirar alguns jogadores de HS, óbvio, pois alguns jogavam HS porque era o que tinha, outros ficaram irritados com o jogo, mas esse pessoal não chega a 10% dos jogadores de HS. Fora a galera que sai do HS, cai no GWENT, apanha ou não entende e volta pro HS.

        HS é um jogo com foco mais casual, GWENT é mais estratégia. GWENT pode vir a ser uma ameaça para o Magic, que tem um perfil de público parecido, mas para o HS? Pffffffff.

        O maior concorrente do HS é o Clash Royale e mesmo assim continuamos a existir!

        • Wellington Souza

          Talvez não seja mais se prevenir sempre é bom

          • http://www.youtube.com/SuperUai SuperUai

            É a evolução natural, né? Eles querem ter uma base maior e qual o melhor jeito de fazer isso? Dar coisas de graça!

        • MHS

          Será que Clash Royale é tudo isso ?
          pra mim não passa de um joguinho pra molecadinha de 9/10 anos.
          Joguei The Elder Scrolls Legends e o Shadowverse , apesar de ter gostado de ambos , nenhum dos dois consegue ser melhor ( ou conseguirá ser melhor que o HS ) , talvez esse RNG insano que tanto odiamos seja o que nos faz amar esse jogo.

          HS É VIDA !!! KKKKK

          • http://www.youtube.com/SuperUai SuperUai

            Clash Royale tem duas vezes mais jogadores ativos do que o HS tem de contas registradas! O campeonato mundial de Clash Royale SOZINHO vai pagar mais que o circuito ANUAL oficial do Hearthstone.

            No meu trabalho tem muita gente vidrada no Clash Royale e só eu e mais quatro conhecemos Hearthstone.

            Sim, Clash Royale é tudo isso.

        • Marcos Rocha

          Clash Royale é, sem dúvida outra grande ameaça, mas é casual demais, é pobre em possibilidades. Difícil alguém sair do HS e ir pra ele, pareceria um retrocesso. A ameaça está mais em alguém deixar de conhecer o HS porque rumou para o Royale.

          E a questão não é deixar de existir, mas minguar. Jogadores frustrados com as antigas políticas do HS frente a um jogo novo, muito mais acessível, tenderiam a migrar pra ele.

          Tudo o que eu vinha criticando há meses está sendo revisto. Por causa das minhas críticas? Claro que não. Por causa da concorrência. O Gwent é mais um entre tantos, eu, por exemplo, tava jogando o Duel Links enquanto via se parava ou não com o HS.

  • Volhaas

    show

  • Wellington Souza

    Ainda acho que o Arthas sera um card heroi neutro

  • ernesto

    Acho que vi um pequeno erro, pelo que vi na entrevista o card lendário será obrigatoriamente um cavaleiro da morte e ele será entregue quando completar o prólogo e não a aventura, enfim muito bom artigo

  • Eduardo Dss

    Ahhhh

    ” A Equipe de Hearthstone queria explorar a história do Lich Rei e seus lacaios horrendos, mas como abordar temas tão mórbidos preservando, ao mesmo tempo, o espírito divertido e amistoso de Hearthstone?

    A resposta era óbvia: matar TODO MUNDO!”

    Essa frase ficou horrível, agora eu tenho que ficar aturando comentários do tipo:

    ” viu, o jogo mencionou matar, como algo legal, é isso que essa mulekada fica jogando hoje em dia, jogo que mata herói”…

    • Issei Baddas Mode

      Na verdade isso não foi uma frase explicativa para os jogadores e sim uma menção de design que foi exposta publicamente, se trata de negócios e a equipe explicou a linha de pensamento para os juices da nova season do game

  • Issei Baddas Mode

    CAÇADOR ULTIMO SUSPIRO VAI VOLTAR, NAXXRAMMAS NUNCA MORRE!

    • Wellington Souza

      tomara

  • Felipe Siqueira

    Achei que o professor putricidade fosse o cientista louco ‘0’

  • Pøser

    Gostei bastante, principalmente do novo cenário e dessa classe nova de cards. Estava colocando fé de uma skin do Lich Rei para o Bruxo, mas desisti da idéia. Enfim, espero que o Caçador de Suspiros volte com força!

  • Diego Augusto

    Galera, sabe qual vai a data limite para a compra?

    • Favaros

      Normalmente até antes de sair a expansão

  • Carlos Fleury

    Acho que está em uma boa hora de criar um novo tipo de criatura: morto-vivo.

  • Luan Gomes

    Só vai ter uma lendária de classe (os heróis undead) ou vai ter 2 (os heróis undead e mais uma)?

    • http://www.youtube.com/SuperUai SuperUai

      Ao que tudo indica, teremos uma carta Herói e um lacaio lendário, igual tivemos em Un’Goro: Uma missão e um lacaio.