HEARTHSTONEDe Olho no Meta #36 – Águas Estagnadas Antes da Tempestade

ELTON FIOR 11 de setembro de 2017

Oi pessoal. Escrevo esse texto logo após receber a trágica notícia do falecimento do Érico do canal The One Games. Eu nunca o conheci pessoalmente, mas sei muito bem do seu impacto na comunidade brasileira de Hearthstone. Foi uma batalha dura mas aqui fica uma mensagem de apoio à família e a todos os seus amigos e seguidores. A comunidade dos jogadores de Hearthstone do Brasil será sempre grata por tudo o que você fez pelo nosso jogo, Érico. Nunca nos esqueceremos.

Voltando ao tópico semanal da análise do Meta, ele estagnou. O que levou meses em Jornada a Un’Goro, com decks ascendendo e sendo prontamente respondidos em um meta balanceado já está bem definido em apenas um mês de Cavaleiros do Trono de Gelo, ou Druidstone para os mais íntimos. As variações foram poucas na semana e até mesmo a redução na presença do Druida no formato não é sinal do deck perder força, mas sim um efeito comum do início do mês na Ladder, onde jogadores costumam testar decks diferentes antes de voltar para os principais e mais consistentes decks do formato. Teríamos uma perspectiva desesperadora para a temporada se não fosse o anúncio dos nerfs em 5 cards, afetando diretamente alguns dos decks mais populares. Embora eu acredite que o Druida Jade ainda permanecerá nas cabeças do Meta, os nerfs afetam boa parte dos principais decks agressivos do formato, o que pode dar um fôlego aos decks mais lentos, especialmente o Sacerdote que não foi afetado por nenhum nerf.

Os dados do Meta foram analisados pelo Vicious Syndicate com base em 120.000 jogos entre 30 de agosto e 05 de setembro. A divisão por popularidade de classes ficou assim:

  • Druida – 30,4% (redução de 1,4%)

  • Sacerdote – 14,7% (aumento de 0,9%)

  • Paladino – 10,8% (redução de 2,0%)

  • Guerreiro – 9,7%  (aumento de 0,2%)
  • Mago – 9,5% (manteve-se constante)

  • Xamã – 7,3% (aumento de 0,8%)

  • Caçador – 6,5% (aumento de 0,9%)

  • Bruxo – 5,9%  (aumento de 0,5%)
  • Ladino – 5,2% (aumento de 0,1%)

Como eu disse, o aumento nas classes menos usadas e a redução no Druida são apenas sintomas do período experimental que é comum no início de cada mês. Ficamos na expectativa de mudanças mais significativas quando os nerfs passarem a valer.

Abaixo seguem as listas com pelo menos 2% de participação no formato:

A padronização maior das listas de Razakus somada à grande presença do deck no HCT Europe turbinaram a presença do deck no formato, enquanto o maiores destaque negativos foram as quedas acentuadas do Paladino Murloc e do Mago Exodia. O primeiro ainda é um deck bem posicionado, embora tenha perdido pontos porcentuais de vitórias contra os decks de Druida, já o segundo possui índices positivos contra Druida Jade e os decks de Sacerdote, mas é um desastre contra as listas agressivas. A experimentação maior do início do mês traz deck menos refinados, que são geralmente presas fáceis para o Druida Jade, que foi o único do top 4 que viu seu índice de vitórias subir. As listas de Sacerdote também apresentaram recuperação nessa semana, em especial o Razakus. Outra lista que vem sendo refinada, e consequentemente demonstra melhores resultados, é o Mago Control.

A divisão por tiers de porcentual de vitórias na última semana é a seguinte:

Tier

Deck

Porcentual de Vitórias

Popularidade no Meta

Variação semanal

Tier 1 
(52%+)

Guerreiro Pirata

54,63%

-0,53%

Druida Jade

54,42%

+0,46%

Paladino Murloc

54,29%

-0,42%

Druida Aggro

53,24%

-0,77%

Tier 2 
(50-52%)

Xamã Token

50,62%

-0,35%

Mago Segredos

50,53%

13º

-0,66%

Tier 3 
(47-50%)

Sacerdote Big

49,37%

+0,34%

Sacerdote Razakus

48,97%

+0,93%

Caçador Midrange

47,76%

+0,28%

Tier 4 
(47%-)

Ladino Miracle

46,20%

10º

+0,48%

Mago Control

44,78%

11º

+2,11%

Bruxo Control

44,09%

+0,35%

Mago Exodia

43,99%

12º

+0,57%

Enquanto esperamos a Blizzard tomar alguma atitude, o Meta a Malfurion pertence. Dois decks no tier 1 de percentual de vitórias que são justamente os dois mais comuns do formato. Murlocs e Piratas acabam se mostrando as únicas alternativas viáveis a essa classe que não apanham do resto do formato. Quem acompanhou o HCT Europe pode ter uma noção da força dos outro decks quando o Druida era removido da equação, já que quase todos os jogadores baniram a classe no torneio. Foi um torneio onde o Sacerdote demonstrou ser uma classe a ser temida.

 

Druida

Druida JadeO nerf foi anunciado e, embora afetado, o deck não perdeu seu núcleo. Perderá, sim, explosividade, mas ainda acredito que será um dos top decks do formato.

• Adversários bons: Bruxo Control (65% de vitórias), Paladino Control (64%),  Caçador Midrange (64%), Mago Control (61%), Sacerdote Razakus (60%), Ladino Miracle (57%) e Xamã Token (56%)
• Adversários ruins: Paladino Murloc (45%), Druida Aggro (46%) e Mago Exodia (47%). Mesmo os decks com retrospecto positivo contra ele não são dominantes.

Druida Aggro ainda permanece no posto de principal deck aggro do formato, mas sofrerá mais com a perda do Avivar do que o Druida Jade. No passado ficarão aqueles jogos onde o Filhote Raivoso no turno 1 acabava com o jogo antes mesmo dele começar.

• Adversários bons: Mago Exodia (67%), Ladino Miracle (59%), Caçador Midrange (58%), Guerreiro Piratas (57%) e Paladino Control (57%).
• Adversários ruins: Sacerdote Big (47%).

Sacerdote

Sacerdote Razakus tem se aperfeiçoado a cada semana e tem muito para ser um dos grandes ganhadores após o nerf.

• Adversários bons: Paladino Control (62%), Mago Control (60%) e Bruxo Control (57%).
• Adversários ruins: Mago Exodia (40%), Druida Jade (40%), Guerreiro Piratas (43%), Sacerdote Big (43%) e Paladino Murloc (45%).

Sacerdote Big também viu boas notícias com o nerf, pois um adversário complicado, os Piratas perdem muita força.

• Adversários bons: Bruxo Control (58%), Sacerdote Razakus (57%) e Druida Agro (53%).
• Adversários ruins: Mago Exodia (32%), Guerreiro Piratas (36%), Caçador Midrange (42%)  e Ladino Miracle (44%)

 Paladino

Paladino Murloc continua um bom deck no formato e ainda deve permanecer assim mesmo com o nerf no Líder Guerreiro Murloc, pois mesmo que perca um pouco de resiliência, suas draws agressivas na curva continuam fazendo um enorme estrago.

• Adversários bons: Paladino Control (67%), Mago Exodia (65%), Caçador Midrange (57%), Ladino Miracle (56%) e Druida Jade (55%).
• Adversários ruins: Xamã Token (45%).

Mago

Mago Control assim como o Razakus, está sendo aprimorado e viu seus resultados e participação no meta melhorar. Só tem a ganhar com o nerf, como a resposta da resposta (Exodia Mage).

• Adversários bons: Mago Exodia (61%), Paladino Control (56%) e Bruxo Control (53%).
• Adversários ruins: Guerreiro Piratas (32%), Caçador Midrange (32%), Sacerdote Big (37%), Druida Jade (38%), Sacerdote Razakus (40%) e Paladino Murloc (41%).

Mago Exodia embora esteja passando por um momento complicado no meta, tem tudo para ser um dos grandes beneficiados com o nerf, pois seus piores adversários foram enfraquecidos, abrindo mais espaço no meta para decks que são presas para o Combo.

• Adversários bons: Sacerdote Big (68%), Bruxo Control (63%), Sacerdote Razakus (60%) e Druida Jade (53%).
• Adversários ruins: Guerreiro Piratas (14%), Caçador Midrange (20%), Druida Aggro (33%), Paladino Murloc (35%), Xamã Token (41%) e Ladino Miracle (44%).

Mago Segredos retorna à análise após uma semana abaixo dos 2% de participação. É mais um deck (percebo um padrão aqui) da classe de Mago a ver seus adversários complicados serem nerfados. A perspectiva é boa.

• Adversários bons: Mago Exodia (81%), Bruxo Control (67%), Sacerdote Big (62%), Druida Provocar (59%), Sacerdote Razakus (56%) e Ladino Miracle (56%).
• Adversários ruins: Paladino Murloc (38%), Guerreiro Piratas (40%), Druida Aggro (42%) e Xamã Token (43%).

 

Guerreiro

Guerreiro PiratasO nerf no Machado é doído, pois quebra totalmente a curva de mana do deck, que era bem nivelada. Se vai sobreviver, é uma incógnita, mas ver seu card mais forte se transformar em uma arma de segunda categoria deve afastar muita gente do deck mais longevo do topo dos tiers.

• Adversários bons: Mago Exodia (85%), Bruxo Control (70%), Mago Control (68%), Ladino Miracle (66%), Sacerdote Big (64%) e Sacerdote Razakus (57%).
• Adversários ruins: Druida Aggro (42%) e Xamã Token (46%).

Xamã

Xamã Token não foi a lugar nenhum nessa semana. E o nerf na Bagata não afeta o deck, pois pouquíssimas listas usavam esse card. Pode ganhar espaço como o deck agressivo do formato.

• Adversários bons: Paladino Control (59%), Caçador Midrange (61%), Ladino Miracle (61%) e Mago Exodia (59%).
• Adversários ruins: Bruxo Control (35%), Druida Jade (44%) e Sacerdote Big (47%).

Caçador

Caçador Midrange ainda segue ali naquele limbo intermediário – não é um deck ruim, mas também não é um deck espetacular. Possui uma boa perspectiva pois há a previsão que bons adversários seus ganhem presença pós-nerf.

• Adversários bons: Mago Exodia (81%), Mago Control (68%), Sacerdote Big (58%) e Bruxo Control (54%)
• Adversários ruins: Druida Jade (37%), Xamã Token (39%), Druida Aggro (42%) e Paladino Murloc (43%).

Bruxo

Bruxo Control está esperando que agora vai ser a sua vez! Se o Trono de Gelo não foi a salvação da classe no seu lançamento, talvez o nerf seja a resposta. Ou talvez vejamos mais alguns meses do Bruxo no limbo.

• Adversários bons: Xamã Token (65%).
• Adversários ruins: Guerreiro Piratas (30%), Mago Exodia (37%), Druida Jade (35%), Sacerdote Big (42%) e Sacerdote Razakus (43%).

Ladino

Ladino Miracle também está a espera do nerf para tirar alguns dos seus maiores obstáculos do caminho. As listas passaram a adotar o Sumir para combater a ameaça de Jade e talvez seja esse o caminho para a classe no futuro.

• Adversários bons: Mago Exodia (56%), Paladino Control (54%) e Sacerdote Big (56%).
• Adversários ruins: Guerreiro Piratas (34%), Xamã Token (39%), Druida Aggro (41%), Druida Jade (43%) e Paladino Murloc (44%).

A Blizzard prometeu o nerf e cumpriu. Talvez não os nerfs que a maioria dos jogadores queriam (eu discordo de vários, em diferentes graus), mas inevitavelmente isso sacudirá o formato. Ficamos agora no aguardo do novo meta.

Um abraço a todos e até a próxima!


Elton Fior
Jogador de Magic desde 1996, Eltinho já foi 2 vezes vice-campeão brasileiro e se aventura no Hearthstone desde maio de 2014, sempre mirando o Rank Lendário. Ele é o autor do livro de estratégia Segredos de Hearthstone. Sua classe preferida é a Ladina, mas ele joga de qualquer coisa – já conseguiu os 9 heróis dourados. Você pode entrar em contato pelo FacebookTwitter, no seu proprio site ou no seu canal do youtube!

  • Leonardo Rabelo Luttembarck

    Creio que apos o nerf, realmente esse Razakus Priest vai dar muita dor de cabeça…

    • Gabriel Gobbi de Lourensi

      Nem me fale, só pego Priest ultimamente [antes do nerf]

  • Daniel Colette

    meu main é o bruxo, e quando eu vejo que ele é ruim contra TODOS OS DECK DO META , a unica coisa que resta é chorar ~~

  • Leandro Matias

    Ótima análise, como sempre.

  • Raul Nascimento

    Vai ser um dos piores metas até a proxima exp nerfaram drasticamente os aggros e dois decks que estão extremamente fortes insanos ( Jade e Priest ) vão dominar , cagaram até no wild a match de renolock contra priest agora não é mais favorável

  • Rafael Nascimento

    Estou curtindo muito o Mago Controle, peguei pra jogar esse mês inteiro, fiz umas mudanças aqui e ali e estou conseguindo manter uma winrate de 64% Segundo o Deck Tracker.

    • Daniel

      gogo rank 10 essa temporada!

  • Kahrius

    Galera

  • Kahrius

    Galera, eu tenho 1000 de gold. Já adquiri 54 packs da nova expansão (Trono de Gelo). Vocês acham que vale a pena comprar uns 10 packs da jornada do Un’Goro (que não tenho nenhum pq não estava jogando na época…)? O que vale mais no meu caso?

    • Gabriel Gobbi de Lourensi

      Acho que vale… O bom é sempre ter o máximo possível de todas as cartas do Padrão. Se tens pouca, vai em frente! [Ou divide, talvez…]

    • Daniel

      Acho que sim cara. Mas o que eu to fazendo é atualmente é guardar gold até uma nova expansão e quando lançada, compro o máximo de packs com o gold que juntei. depois começo a guardar tudo de novo. Mas como vc não tem nenhum de Un’goro, acho que pode ser interessante.